Tudo o que você precisa saber sobre a COP26

26ª edição da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP) ocorrerá em Glasgow, na Escócia, entre os dias 31/10 a 12/11. A COP reúne, anualmente, centenas de líderes mundiais e milhares de representantes de organizações interessadas na área ambiental, para discutir e realizar acordos visando o combate ao avanço das mudanças climáticas

Diante de um cenário onde a humanidade e o Planeta Terra vivem um dos momentos mais cruciais relacionados ao aquecimento global, fenômeno que está aumentando em uma velocidade maior do que a prevista por cientistas, a COP26 possui uma urgência particular. A conferência ocorre em um período decisivo para a elaboração de metas e reforçar o compromisso dos países para frear as mudanças climáticas e diminuir os seus impactos, que são desastrosos tanto para o meio ambiente, quanto para a saúde humana. 

A COP26 é a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas mais importante desde a COP21, que ocorreu em Paris e resultou na elaboração e assinatura do Acordo de Paris, no qual os países se comprometeram, entre outros assuntos, a adotar medidas para que o aumento da temperatura terrestre anual não ultrapasse 1,5°C.  De acordo com o último relatório divulgado pela ONU em agosto deste ano relacionado às mudanças climáticas, a humanidade ainda não está no caminho ideal para atingir esse objetivo. Por isso, de acordo com especialistas, a década atual (até 2030), será crucial para atingir essa, e outras metas, na tentativa de conter o avanço desenfreado do aquecimento global.

Assim, os principais objetivos a serem acordados na 26ª edição da COP serão:

  • Reforçar a meta do limite de 1,5ºC para o aumento da temperatura global: reforçar o compromisso dos países relacionados à diminuição das emissões de Gases Efeito Estufa (GEE);
  • Trabalhar juntos para promover melhor suporte para os países em desenvolvimento entregarem energia limpa para a população;
  • Atingir a meta net-zero: promover a limpeza do ar e reduzir as emissões de carbono, principalmente por meio da adoção de carros elétricos;  
  • Adaptação urgente para promover a proteção de comunidades e habitats naturais: implementar mais planos e financiamentos para melhorar os sistemas de alerta de desastres naturais, as defesas contra inundações e promover a construção de infraestruturas de agricultura resilientes para evitar mais perdas de vida, alimentos e habitats naturais pelas mudanças climáticas;
  • Mobilização de finanças: países desenvolvidos devem cumprir a promessa de arrecadar pelo menos 100 bilhões de dólares todos os anos em financiamentos climáticos para dar suporte aos países em desenvolvimento e populações vulneráveis;

The 26th edition of the United Nations Climate Change Conference of the Parties (COP) is coming: starting on October 31st and finishing on November 12th, the COP26 will occur in Glasgow, Scotland. The COP26 gathers, annually, hundreds of global leaders and thousands of companies, NGOs, and civil society representatives to discuss, set goals, and make agreements to tackle climate change.  

Facing a scenario where humanity and Planet Earth are living one of the most crucial moments related to climate change, a phenomenon that is increasing at a larger speed than predicted by scientists, the 26th edition of the COP has a particular urgency. The Conference occurs in a decisive period to formulate goals, and to emphasize the countries commitments to decelerate climate change and decrease its catastrophic impacts not only on the environment but also on human health. 

The COP26 is the most important UN Climate Change Conference since the COP21, which was hosted in Paris and resulted in the formulation and signing of the Paris Agreement. The signatory countries of this agreement pledged, among other things, to adopt measures to not exceed the annual increase in the global temperature by more than 1,5°C. According to the last UN report, from August, related to climate change, humanity has not yet managed to commit to achieving this goal. Therefore, the current decade (until 2030) will be extremely important to achieve, not only this goal but also others, in an attempt to contain the unbridled advance of global warming.

 For this reason, the main objectives to be discussed and agreed in the COP 26th edition will be:

  • Emphasize the goal to limit to 1,5°C to the annual global temperature increase: reinforce the countries commitment related to the decrease of the Greenhouse Gas (GHG) emissions;
  • Work together to provide developing countries with better support to deliver clean energy to their population;
  • Achieve net-zero: promote air clean-up and reduce carbon emissions, mainly by switching to electric cars;
  • Urgency adaptation to protect communities and natural habitats: plans and more finance need to be put in place to improve early warning systems, flood defenses, and build resilient infrastructure and agriculture to avoid further loss of life, livelihoods, and natural habitats; 
  • Mobilize finance and take climate into account in every financial decision: developed countries must deliver on their promise to raise at least $100 billion every year in climate finance to support developing countries.
Voltar para o blog

Assine a nossa newsletter

Somos pioneiros em Gestão Climática e geração de créditos de carbono com impacto positivo.