Rock In Rio

Celebrando também a sustentabilidade, o evento compensou suas emissões de GEE por meio de créditos de carbono originados em Projetos na região do Rio de Janeiro.

Descrição do Cliente

O Rock in Rio destaca-se por sua abordagem ambiental, implementando práticas sustentáveis, como a gestão de resíduos, energia renovável e a compensação de suas emissões, refletindo um compromisso com a responsabilidade ambiental e social. Desde 2006, o evento contabiliza e compensa suas emissões de GEE, sendo o primeiro a realizar esse tipo de ação ambiental.

Desafios

O evento Rock in Rio 2011 emitiu 66 711 toneladas de CO2e.

Nesta conta entram as emissões associadas à deslocação do público, artistas, organização e parceiros; o consumo de energia; o tratamento dos resíduos gerados; o transporte de carga dos artistas, organização e parceiros; e o alojamento dos artistas e da organização.

Resultados

O Projeto Arrozal, GGP e Sulamérica, localizado no Rio de Janeiro, além da redução de emissões em 123.808 toneladas de CO2, o projeto implementou iniciativas que promovem o engajamento e o desenvolvimento sustentável local.

Estas incluem a manutenção de hortas, onde são conduzidas aulas para crianças sobre jardinagem, meio ambiente e nutrição. As crianças têm a oportunidade de levar para casa os vegetais cultivados, incentivando práticas saudáveis e conscientização ambiental.

Resultados