Ilhas do Pacífico buscam US$ 500 milhões para tornar o transporte marítimo zero de carbono

Uma coalizão de nações insulares do Pacífico quer arrecadar US$ 500 milhões (£ 400 milhões) para tornar todo o transporte marítimo no Oceano Pacífico zero carbono até a metade do século. A parceria Blue Pacific Shipping, anunciada na terça-feira pelos governos de Fiji, Ilhas Marshall, Samoa, Vanuatu, Ilhas Salomão e Tuvalu, estabeleceu uma meta de redução de emissões de 40% até 2030 e descarbonização total até 2050.

A parceria pretende arrecadar dinheiro através de doações de instituições multinacionais, empréstimos concessionais, investimentos diretos do setor privado e através da emissão de “títulos azuis” regionais. O dinheiro seria usado para modernizar as balsas de passageiros e de carga existentes com tecnologias de baixo carbono e comprar novos navios de emissão zero. As populações das ilhas do Pacífico dependem do transporte para viagens, medicamentos, seus meios de subsistência e conexão com o mundo exterior.

Um documento conjunto do governo das Ilhas Fiji-Marshall disse que, em comparação com outros grandes setores econômicos, “o investimento no desenvolvimento sustentável do transporte marítimo para os países das ilhas do Pacífico foi extremamente limitado até o momento”.

“Uma transição para o transporte marítimo sustentável, resiliente e descarbonizado nessa escala exigirá investimentos substanciais, incluindo pelo menos US$ 500 milhões para apoiar a implementação do programa de trabalho de 10 anos”.

 

Fonte: https://www.theguardian.com/environment/2019/sep/24/pacific-islands-seek-500m-ocean-shipping-zero-carbon A coalition of Pacific island nations wants to raise $500m (£400m) to make all shipping in the Pacific Ocean zero carbon by the middle of the century. The Pacific Blue Shipping Partnership, announced on Tuesday by the governments of Fiji, the Marshall Islands, Samoa, Vanuatu, the Solomon Islands and Tuvalu, has set an emissions reduction target of 40% by 2030, and full decarbonisation by 2050.

The partnership intends to raise money through grants from multinational institutions, concessional loans, direct private sector investment and through issuing regional “blue bonds”. The money would be used to retrofit existing passenger and cargo ferries with low-carbon technologies, and to buy new zero-emissions vessels. Pacific island populations are dependent on shipping for travel, medicines, their livelihoods and connection to the outside world.

A joint Fiji-Marshall Islands government briefing paper said that compared with other major economic sectors, “investment in the sustainable development of sea transport for Pacific island countries has been extremely limited to date”.

“A transition to sustainable, resilient and decarbonised sea transport at this scale will require substantial investment, including at least $500m to support implementation of the 10-year work programme.”

 

Source: https://www.theguardian.com/environment/2019/sep/24/pacific-islands-seek-500m-ocean-shipping-zero-carbon

Voltar para o blog

Assine a nossa newsletter

Somos pioneiros em Gestão Climática e geração de créditos de carbono com impacto positivo.