Nordeste enfrenta seca intensa e 636 municípios estão em situação de emergência

O óleo nas praias não é o único desafio enfrentado pelos estados do Nordeste atualmente. As secas, tão presentes historicamente na região, estão mais intensas, conforme mapeamento do Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites (Lapis) publicado no início da semana. De acordo com o professor Humberto Barbosa, coordenador do Lapis, o atual quadro de baixa umidade registrado esse mês é mais grave em relação aos outros meses.

“Em novembro, praticamente todo o semiárido está com umidade abaixo de 10%, percentual considerado muito baixo. É normal para essa época do ano, naturalmente seca. Mas no Nordeste, as chuvas estão abaixo da média. As temperaturas também estão mais altas, 1 a 2 graus acima da média. Não temos nenhum sinal de la Niña ou de el Niño no Pacífico, então o Oceano Atlântico é quem está influenciando o clima. Alta Subtropical do Atlântico Sul (ASAS) está dominando para as chuvas estarem abaixo da média. O resultado é chuvas abaixo da média e altas temperaturas, em relação à média histórica”, analisa.

Os mapas, divulgados por estado, mostram que o Nordeste brasileiro enfrenta atualmente uma condição de seca intensa. Na Bahia, por exemplo, 377 municípios estão com percentual de umidade dos solos abaixo de 10%, considerado muito baixo. O número corresponde a 90% dos municípios do estado que enfrentam seca. Já no Piauí, 221 municípios, 98% das localidades do estado, estão com solos abaixo de 10% de umidade. Na Paraíba, 216 municípios (97%) estão nessa situação.

 

Fonte: https://www.oeco.org.br/noticias/nordeste-enfrenta-seca-intensa-e-636-municipios-estao-em-situacao-de-emergencia/ Oil on beaches is not the only challenge that Brazil’s Northeastern states faces today. Droughts, so historically present in the region, are more intense, as mapped by the Satellite Image Analysis and Processing Laboratory (Lapis) published earlier this week. According to Professor Humberto Barbosa, coordinator of Lapis, the current low humidity picture this month is more severe than the other months.

“In November, practically the entire semiarid region has humidity below 10%, a percentage considered very low. It is normal for this time of year, naturally dry. But in the Northeast, rainfall is below average. Temperatures are also higher, 1 to 2 degrees above average. We have no sign of la Niña or el Niño in the Pacific, so the Atlantic Ocean is influencing the climate. South Atlantic Subtropical High (ASAS) is dominating for below average rainfall. The result is below average rainfall and high temperatures, compared to the historical average ”, analyzes.

The maps, released by state, show that the Northeast of Brazil currently faces a condition of intense drought. In Bahia, for example, 377 municipalities have soil moisture content below 10%, considered very low. The number corresponds to 90% of the municipalities of the state facing drought. In Piauí, 221 municipalities, 98% of the localities of the state, have soils below 10% humidity. In Paraíba, 216 municipalities (97%) are in this situation.

 

Source: https://www.oeco.org.br/noticias/nordeste-enfrenta-seca-intensa-e-636-municipios-estao-em-situacao-de-emergencia/

Voltar para o blog

Assine a nossa newsletter

Somos pioneiros em Gestão Climática e geração de créditos de carbono com impacto positivo.