2020 acelerou a corrida para zerar emissões de carbono

O número de compromissos por parte de empresas e governos no intuito de perseguir o marco de zero emissões de carbono dobrou em menos de um ano, em 2020. O relatório foi divulgado pela Data-Driven EnviroLab e pelo New Climate Institute.

A maior parte dessas organizações e governos anseia por reduzir suas emissões até 2050, como já mencionamos aqui, como parte do programa das Nações Unidas “Race to Zero”.

O número de regiões comprometidas com emissões zero cresceu nove vezes, somando 101 agora. Já o número de cidades e empresas cresceu oito e três vezes respectivamente, alcançando 823 cidades e 1541 empresas.

Um dado importante mostra que o compromisso cresceu fortemente no Leste Asiático e no Pacífico, em regiões que compreendem grandes cidades e somam cerca de 223 milhões de pessoas. Além disso, aproximadamente metade dos Estados Unidos também tem participado da corrida pelo Carbono Zero, sejam na totalidade de suas emissões, seja em setores importantes como o de energia.

 

Pequenas Empresas também aderem ao Race to Zero da ONU

Pequenas e médias empresas são responsáveis por cerca de dois terços dos empregos em todo o mundo e foi por isso que a ONU, em parceria com outras organizações, lançou o SME Climate Hub, uma plataforma que disponibiliza ferramentas e recursos capaz de agregar também as PMEs ao programa Race to Zero.

É verdade que muitas delas já participam dessa “corrida”, ao prestar serviços para grandes empresas, mas com a plataforma essas empresas irão participar da descarbonização de toda a cadeia de produção e de consumo.

 

Fonte: United Nations Climate Change

Voltar para o blog

Assine a nossa newsletter

Somos pioneiros em Gestão Climática e geração de créditos de carbono com impacto positivo.